Menu fechado

Embraer tem aviões em 120 companhias no mundo; concorrente está em 8 apenas -Todos a Bordo

Os aviões brasileiros fabricados pela Embraer voam em 120 companhias aéreas de todo o mundo. Líder mundial no mercado de jatos regionais, são mais de 1.500 E-Jets já entregues. Esta é a parte bem-sucedida da Embraer que foi vendida para a Boeing.

Para ter uma ideia de como esses números são grandes, a atual principal concorrente da Embraer está presente em apenas oito companhias. Trata-se da família de aviões A220 da Airbus, que havia sido desenvolvida pela Bombardier (cuja divisão de aviação comercial foi comprada pela Airbus). As duas versões da família A220 estão hoje em oito aéreas. Outras 17 empresas ainda aguardam para receber os A220 da Airbus.

A antiga linha de aviação comercial da Bombardier, conhecida como CRJ (Canadair Regional Jet), atende outras companhias, mas esses produtos não são mais fabricados após a atualização da linha da jatos comerciais da empresa, que foi vendida para a Airbus. Considerando a produção da Airbus, que é a atual concorrente da Embraer em jatos regionais, a empresa brasileira lidera com folga.

Aéreas norte-americanas são as principais clientes

Apesar da ampla presença dos aviões da Embraer em todo o mundo, é provável que você nunca tenha ouvido falar dos cinco maiores clientes da fabricante brasileira.

Com mais de 200 aviões, a Republic Airways é a maior operadora dos aviões da Embraer. A companhia norte-americana opera com uma frota dos modelos E170 e E175. No entanto, os aviões da empresa não utilizam a pintura da Republic Airways, mas sim das companhias aéreas para as quais presta serviço.

Os aviões são pintados com as marcas da American Eagle, Delta Connection e United Express. Há só uma pequena referência à verdadeira proprietária dos aviões no nariz, com a inscrição “Operated by Republic Airways” (operado pela Republic Airways).

O mesmo acontece com as outras companhias aéreas líderes na operação de jatos comerciais da Embraer, como Envoy Air, SkyWest Airlines, ExpressJet Airlines, e Mesa Airlines.

Fora dos Estados Unidos, a brasileira Azul tem a maior frota de aviões da Embraer. Segundo dados da própria fabricante, são 59 aviões sob operação da companhia aérea brasileira. A Azul está renovando sua frota para substituir os jatos da primeira geração de E-Jets para aviões da segunda geração. A empresa deve receber 25 jatos E195-E2 neste ano.

Divisão de avião comercial será da Boeing

Com a conclusão do acordo entre a Embraer e a Boeing, prevista para acontecer este ano, os aviões comerciais de passageiros da Embraer passarão a fazer parte do portfólio de produtos da Boeing.

A divisão de aviação comercial da fabricante brasileira foi vendida para a norte-americana em um negócio avaliado em US$ 5,26 bilhões. A Boeing terá 80% de participação e a Embraer ficará com os outros 20%.

Veja os maiores operadores de aviões comerciais da Embraer

  • 1º Republic Airways: 204 aviões
  • 2º Envoy Air: 173 aviões
  • 3º SkyWest Airlines: 156 aviões
  • 4º ExpressJet Airlines: 120 aviões
  • 5º Mesa Airlines: 60 aviões
  • 5º Piedmont Airlines: 60 aviões
  • 5º JetBlue Airways: 60 aviões
  • 8º Azul: 59 aviões
  • 9º Aeromexico Connect: 56 aviões
  • 10º KLM Cityhopper: 49 aviões
  • 10º Tianjin Airlines: 49 aviões
  • 12º Air France HOP: 46 aviões
  • 13º Trans States Airlines: 46 aviões
  • 14º Compass: 40 aviões
  • 15º Airlink: 37 aviões
  • 15º CommutAir: 37 aviões

Como é o teste de um avião novo, que inclui até queda de barriga

UOL Notícias

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *