Menu fechado

São Paulo tem maior período de inatividade em campo no século; veja números | são paulo

O São Paulo completa nesta quarta-feira 60 dias sem entrar em campo devido à pandemia do novo coronavírus. O período de inatividade é um recorde do clube neste século.

A última vez em que o Tricolor ficou tanto tempo sem jogos foi entre a temporada 2002/2003. Naquela ocasião, o São Paulo ficou 59 dias parado após uma eliminação nas oitavas de final do Campeonato Brasileiro de 2002 e o início mais tardio das competições em 2003.

Novo gramado do Morumbi, plantado em abril deste ano — Foto: Divulgação / São Paulo FC

O levantamento realizado pelo historiador são-paulino Alexandre Giesbrecht mostra, no entanto, que o São Paulo está longe de atingir o recorde histórico de inatividade, que foi alcançado em 1935/36, quando o clube se fundiu com o Clube de Regatas Tietê e foi refundado posteriormente como São Paulo Futebol Clube.

Veja abaixo os dez maiores períodos de inatividade do São Paulo:

Mairoesperíodos de inatividade do São Paulo

Dias sem jogos Ano
307 1935/36
119 1932
87 1932
81 1987/88
76 1930/31
75 1998
73 1947
70 1931
67 1942/43
66 1998/99

O São Paulo ainda não tem uma data definida para o retorno dos treinos no CT da Barra Funda. Após as férias de 30 dias, os jogadores retornaram às atividades em casa sob a supervisão da comissão técnica do clube.

Sobre o retorno dos jogos, o posicionamento do São Paulo é seguir as recomendações das autoridades de saúde e do Governo do Estado.

A última vez em que o São Paulo entrou em campo foi no dia 14 de março, pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. Com dois gols de Pablo, o Tricolor venceu o Santos por 2 a 1, de virada. A partida foi disputada com portões fechados no Morumbi.

Melhores momentos de São Paulo 2 x 1 Santos pela 10ª rodada do Campeonato Paulista

Melhores momentos de São Paulo 2 x 1 Santos pela 10ª rodada do Campeonato Paulista

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *