Menu fechado

Veja como jogo do Palmeiras com a Ferroviária pode influenciar na escalação na Libertadores | palmeiras

O Palmeiras enfrenta a Ferroviária às 17h deste sábado, em casa, pelo Paulistão, com um time repleto de reservas. Porém, o desempenho nesse jogo pode ter influência na escalação da equipe no duelo com o Guaraní, na próxima terça-feira, pela Libertadores da América.

Embora o técnico Vanderlei Luxemburgo já tenha uma base bem definida, há algumas posições sem dono no time titular. Por isso, uma boa atuação no Paulistão pode dar vaga para quem hoje está na reserva – o próprio treinador já demonstrou não se importar em fazer alterações jogo a jogo.

Lucas Lima e Marcos Rocha serão titulares no Palmeiras — Foto: Tossiro Neto

A lateral direita é um desses casos. Marcos Rocha volta após perder os últimos quatro confrontos por lesão no tornozelo. Nesse período, Gabriel Menino atuou improvisado e agradou à comissão. Mostrou personalidade e segurança, mesmo fora de posição, e tem sido elogiado.

Neste sábado, o antigo titular tem a chance de mostrar que está recuperado e pode ser usado na Libertadores. O treinador inclusive não quis apressar o retorno dele contra o Tigre, na quarta-feira passada, por ter realizado poucos treinos.

Já o meio de campo é o setor que Luxemburgo mais mexeu até agora. Contra a Ferroviária, Patrick de Paula e Zé Rafael serão os volantes. O primeiro pode dar mais sustentação à defesa. O segundo também foi muito elogiado pela adaptação à nova função, foi titular em muitas partidas recentemente e inclusive está entre os quatro atletas que atuaram em todos os compromissos do ano.

A chance para a dupla vem justamente após o duelo com o Tigre, no qual o time argentino teve muito espaço no setor e pressionou o Palmeiras. Além disso, Ramires não está entre os titulares absolutos e vem sofrendo com problemas físicos. Já Bruno Henrique é considerado como intocável no meio.

Provável escalação do Palmeiras contra a Ferroviária — Foto: GloboEsporte.com

Outro que tem a chance de tentar recuperar um lugar no Palmeiras é Lucas Lima. Titular nos seis primeiros jogos do ano – e elogiado por Luxemburgo –, o meia perdeu a vaga e sequer entrou nas últimas três partidas. Contra a Ferroviária terá nova oportunidade de começar jogando.

Para ele voltar, o treinador terá que abrir mão do quarteto ofensivo, formado por Dudu, Rony, Willian e Luiz Adriano, usado contra o Tigre. Dudu, atuando como meia, função de Lucas Lima, foi quem menos rendeu.

O Palmeiras deve entrar em campo contra a Ferroviário com: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Patrick de Paula e Zé Rafael; Gabriel Veron, Lucas Lima e Rony; Luan Silva.

Artigo Original

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *